Capacetes para proteção de idosos

Manostaxx

Ocorrem todos os dias acidentes por queda de idosos, alguns com consequências fatais.

A queda no idoso é um desafio para os médicos e cuidadores, já que é a principal causa de morte acidental na população com mais de 65 anos.

A queda no idoso é o acidente doméstico mais frequente e a principal causa de morte acidental na população com idade superior a 65 anos, o que faz deste um tema de grande atualidade, representando um desafio importante na medicina dos nossos tempos

Falta de equilíbrio, enfraquecimento dos músculos, perda da visão e audição e viver em ambiente inapropriado são fatores que contribuem para a queda de idosos, que é hoje a responsável por 70% das mortes acidentais de pessoas acima de 75 anos, segundo levantamento do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde. A queda é também a sexta causa de óbito entre a população com 65 anos ou mais.

De acordo com relatório do Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba, houve 65 mortes causadas por queda de pessoas com mais de 65 anos em 2012 na capital e região metropolitana, o que gera uma média de cinco casos por mês. Os dados se referem ao período entre 1º de janeiro e 26 de dezembro e apontam somente a causa preliminar da morte, que pode ter sido confirmada ou não após avaliação médica.

A mortalidade de idosos com mais de 60 anos por quedas aumentou quatro vezes nesta década no Estado de São Paulo, segundo balanço da Secretaria de Estado da Saúde.

O índice passou de 7,6 óbitos por 100 mil em 2000 para 28,4 por 100 mil em 2008, último dado disponível. Em números absolutos, houve 1.240 mortes de idosos vítimas fatais de quedas em 2008, quase cinco vezes mais que em 2000. Os casos são crescentes ano a ano (veja quadro abaixo).

O envelhecimento da população é apontado como uma das causas prováveis do resultado. Com o aumento da expectativa de vida da população, muitos dos que já estavam na faixa da terceira idade no início da década ficaram ainda mais velhos.

Confira algumas dicas para a prevenção de quedas entre idosos:

” Prefira calçados de salto baixo e que não soltem dos pés;

” Sente-se para vestir calçados;

” Retire os tapetes da casa;

” Mantenha escadas e áreas de circulação livres de móveis e objetos;

” Evite subir em bancos e escadas para pegar objetos fora do alcance das mãos;

” Levante-se devagar e encontre equilíbrio antes de andar;

” Use o corrimão das escadas;

” Utilize luz noturna;

” Evite chocolate, café, chá mate e preto e refrigerantes em excesso. Esses alimentos podem dar tontura;

” Tome remédio só com prescrição médica.

A proteção da cabeça é imprescindivel e salva vidas.

Encontram-se abaixo alguns exemplos à venda:

http://www.rehabmart.com/category/protective_helmets.htm

Rehabmart

helmet01

https://guardianhelmets.com/shop/

helmet02

https://www.win-health.com/head-protection-for-elderly.html

helmet03

 

LINKS:

https://rotasaude.lusiadas.pt/perigos-da-queda-no-idoso/

http://www.gazetadopovo.com.br/saude/queda-e-responsavel-por-70-das-mortes-acidentais-de-idosos-bra96f31113ntt94wob4grzon

http://saude.estadao.com.br/noticias/geral,mortalidade-de-idoso-por-queda-cresce-quatro-vezes-na-ultima-decada-em-sp,585176

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s